Quinta-feira
17 de Outubro de 2019 - 
A justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualifica.

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Últimas notícias

II Congresso Estadual de Direito Condominial movimenta OAB SP

Multipropriedade, assembleia virtual nos condomínios e mediação nas relações condominiais, foram alguns dos temas esmiuçados pelos especialistas durante o II Congresso Estadual de Direito Condominial, promovido pela OAB São Paulo, na sede institucional (04/10). A relevância da matéria garantiu público atento nos dois andares do auditório principal, bem como acompanhamento de internautas via transmissão online. Na abertura dos trabalhos, o vice-presidente da Secional paulista da Ordem, Ricardo Toledo, ao saudar os advogados e advogadas presentes, reafirmou o compromisso da gestão 2019/2021 em trabalhar por um legado de conhecimento: “A advocacia continuamente busca aprimoramento profissional, cultura e conhecimento. O tema imobiliário sempre muito palpitante e a qualidade dos palestrantes nos dá convicção de que é um evento maravilhoso. Isso mostra que a nossa decisão de unir as Comissões de Direito Imobiliário e Condominial foi acertada. É importante a temática entrelaçada porque só vem a enriquecer a nossa bagagem”, declara.Presidente da Comissão de Direito Imobiliário da OAB SP, Rubens Carmo Elias Filho, agradeceu o suporte fornecido pela instituição, que disponibiliza a estrutura necessária para o desenvolvimento das atividades desempenhadas. “A Comissão tem autonomia total nos seus trabalhos e independência, o que demonstra a seriedade e qualificação do trabalho, que conta com ampla confiança da diretoria”, disse. A segunda edição do Congresso demonstra a evolução do direito condominial no país, aponta Rubens Carmo: “O quanto cresceu é importante, pois deixou de ser a mera cobrança e passou a ser algo que rege as relações das pessoas. É extremamente gratificante verificar o quanto evoluímos em todas as áreas do direito imobiliário, e não apenas registrada na espécie condominial, mas em todos os ramos”, completou.O interesse cada vez maior da advocacia foi evidenciado pelo coordenador de Direito Condominial da Comissão de Direito Imobiliário da OAB SP, Rodrigo Karpat, que considerou o Congresso como um marco nacional, ao oportunizar a discussão entre julgadores, doutrinadores, e operadores do Direito.“Estima-se que existam entre 300 a 500 mil condomínios no Brasil. A continuidade do crescimento urbano é o condomínio e o direito condominial está diretamente ligado. Só em São Paulo, dos 60 mil condomínios avalia-se que movimentem R$13 bilhões, valor maior que o orçamento de cidades como Porto Alegre e Curitiba. A gestão condominial é um grande propulsor da economia nacional. O direito condominial surge meio que às escondidas do direito, não se falava na graduação, não aprendemos, mas tenho certeza que nos próximos anos a matéria será incluída na grade. Não é mais marginalizado como foi no passado, não é mais o advogado da cobrança, é o advogado essencial para convívio harmônico dentro dos condomínios. Tomou uma proporção gigantesca e vai crescer cada vez mais”, afirma.Ao todo, foram 17 paineis com expositores que se debruçaram sobre a proposta. Todo o debate pode ser revisitado pelo canal do YouTube do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP, através do link:  
07/10/2019 (00:00)
Visitas no site:  133322
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia